Engineering

Voltar
Museu de Arte do Rio

Museu de Arte do Rio

A Engineering foi a responsável pelos serviços de gerenciamento das obras e do projeto para implantação do Museu de Arte do Rio. O MAR possui projeto arquitetônico elaborado pelos arquitetos Paulo Jacobsen e Thiago Bernardes.

O Museu possui dois prédios de perfis heterogêneos e interligados: o Palacete Dom João VI, tombado como Patrimônio Cultural pelo Iphan, que abriga as salas de exposição do museu, e o edifício vizinho, de estilo modernista – originalmente um terminal rodoviário, que abriga a Escola do Olhar.

A união entre os edifícios foi feita por meio de duas passarelas translúcidas, cobertas, e uma cobertura suspensa, que possui uma estrutura fluida.  A cobertura conecta os dois prédios, uma laje em concreto armado com função de unir as duas edificações de conceitos arquitetônicos extremamente diferenciados. Esta é a quarta cobertura fluida do mundo, sendo que duas estão na Europa e a outra no Japão.

O Museu de Arte do Rio conquistou a certificação LEED nível Prata, transformando-se no primeiro museu com certificação LEED na América Latina. Dentre as principais ações sustentáveis atingidas no projeto do MAR estão a redução de 40% de consumo de água, sendo que 100% dos vasos sanitários e mictórios utilizam água de reuso.

Controles de intensidade da luz por sensores de luminosidade, próximos a fachada, fazem o aproveitamento da luz natural externa. Também foram utilizadas luminárias com lâmpadas de baixo consumo e materiais reciclados, dentro da regionalidade estipulada pela certificação. Em relação à eficiência energética, o museu obteve 12% de redução do consumo de energia em relação à referência da certificação LEED.

Cerca de 92% de todo o resíduo gerado durante a obra foi destinado a reciclagem e cerca de 54% de toda madeira permanente utilizada do empreendimento possui certificação FSC (Forest Stewardship Council) de manejo florestal.

O Museu foi o primeiro empreendimento inaugurado no processo de revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro, considerado âncora cultural da região, e já se tornou o terceiro monumento mais visitado da cidade.

 

Ficha Técnica

Cliente:

Fundação Roberto Marinho

Atividades Desenvolvidas:

Gerenciamento de Projetos e Obras

Localidade:

Rio de Janeiro